Deixe seu Android com a cara do Google Pixel 2

| | Nenhum comentário:


Lançados em Outubro passado, os smartphones da família Google Pixel representam um “Android ideal” na visão da empresa, com hardware de ponta, câmeras de altíssima qualidade e acesso prioritário ao que há de mais recente no sistema operacional Android.


Como atraem usuários avançados e entusiastas, são também uma plataforma para novas experiências em interação como o usuário. Uma delas é o Pixel Launcher, um “launcher” (app que controla a tela inicial) que além de mudanças visuais traz alguns recursos que tornam a interação com o aparelho mais ágil e agradável.

Oficialmente, o Pixel Launcher está disponível apenas nos smartphones Google Pixel. Mas isso não impediu alguns desenvolvedores de extrair o app de seus aparelhos e modificá-lo para aumentar a compatibilidade. Nasceu assim o Rootless Pixel Launcher, um app que leva um pouco da experiência do Google Pixel a qualquer smartphone Android.

Uma palavrinha sobre segurança
O Rootless Pixel Launcher é uma modificação não-oficial (um “hack” ou “mod”, no jargão) do Pixel Launcher da Google, feita pelo desenvolvedor holandês Amir Zaidi. Como não é um app oficial, não pode ser oferecido na Google Play, e a distribuição é feita através de um arquivo com a extensão .apk.

O Android tem um recurso que evita a instalação de apps de “fontes desconhecidas”, ou seja, arquivos que não tenham vindo da Google Play. O motivo é a segurança: todos os apps da Google Play são analisados em busca de software malicioso (malware), mas a Google não tem como realizar este controle em arquivos vindos de outras fontes. Por isso, desabilita a instalação de apps de fontes desconhecidas para evitar que os usuários sejam induzidos a instalar um app contendo malware.
Entretanto, este recurso pode ser útil para alguns usuários, como desenvolvedores, portanto a Google escondeu esta opção através de uma chave. Ao exigir que o usuário ative ela explicitamente, a empresa transfere parte da responsabilidade pelas consequências ao usuário. É como se dissesse: “tem certeza? prossiga por sua própria conta e risco!”.


Recomendamos fortemente aos usuários que no dia-a-dia deixem esta opção desativada, e a ativem apenas caso necessário na instalação de um app, desativando-a logo em seguida. Assim, você evita que software mal-intencionado, por descuido, se infiltre em seu computador.

Instalando o Pixel Launcher
Instalar o Pixel Launcher em seu smartphone é um pouco diferente de instalar um aplicativo do Google Play, mas ainda assim é fácil: basta seguir os passos abaixo. Testamos o processo tanto em aparelhos com o Android 6.0 (Quantum MUV PRO) quanto com o Android 7.0 (Quantum GO 2):

Baixe a versão mais recente do Rootless Pixel Launcher no site do desenvolvedor. No momento em que este artigo é escrito, é a versão 3.0 Basta clicar no link que diz Launcher3-aosp-debug.apk. Pode ser baixado tanto pelo Smartphone como pelo Pc.
Após ter baixado, abra o Gerenciador de Arquivos, navegue até a pasta contendo o arquivo .apk baixado e toque sobre ele.

Uma mensagem surgirá informando que a instalação do APK foi bloqueada por segurança. Toque na opção Configurações e habilite a opção Fontes Desconhecidas no rodapé da tela. Toque em OK e no botão voltar.Após ter instalado clique em concluir, feche o gerenciador de arquivos, vá nas configurações do seu aparelho, em inicio, e selecione a Pixel Laucher, se não modificar na hora em que selecionar é só reiniciar o Smartphone para as configurações funcionarem.



Curta e Compartilhe com seu amigos


Siga-nos